Cirurgias Estéticas

Bumbum

Não há como negar que o bumbum é uma paixão nacional. Os homens não resistem quando veem uma mulher com um bem redondinho e empinado e as mulheres, por sua vez, fazem de tudo para deixar o bumbum exatamente assim, digno de dar torcicolo em qualquer homem.

Pequeno, grande, caído, achatado… As brasileiras sempre encontram um defeitinho no bumbum. Exibir um glúteo perfeito virou quase obsessão entre as brasileiras, tanto que a procura por tratamentos estéticos e cosméticos que prometem glúteos em dia tem aumentado muito nos últimos anos.

Para quem busca um resultado definitivo, as cirurgias plásticas são as técnicas mais procuradas. Já quem quer um efeito bem bacana, mas temporário, os tratamentos estéticos são ótimos aliados. E quem busca um resultado imediato, pode recorrer à moda: algumas roupas prometem empinar o bumbum, e outras, deixá-lo mais redondinho. Isso sem mencionar que as aulas localizadas de glúteo e a mesa flexora são disputadíssimas nas academias.

A alimentação também tem papel importante na aparência dos glúteos: evite alimentos gordurosos, industrializados e açúcares, abuse dos vegetais de cor laranja e folha verde escura que são ricos em vitamina A e garantem uma pele saudável e rígida.

Agora, se você já tentou de tudo isso, e acha que nada surtiu efeito, já que seu bumbum ainda não é o que você sempre sonhou, aí sim é hora de aderir ao bisturi.

Um dos recursos mais utilizados é a Gluteoplastia de Aumento, também conhecida como inclusão de próteses de silicone no bumbum. As próteses têm formatos diversos e são colocadas dentro do músculo do bumbum dando um aspecto bem natural.

A Gluteoplastia , conhecida também como plástica no bumbum, remodela a região dos glúteos deixando-os com maior volume, mais arredondados e bonitos.

Para que o resultado fique harmonioso, deve-se levar em consideração a anatomia da paciente. Se ela for muito magra e com bumbum muito pequeno há certa limitação no tamanho da prótese a ser utilizada. Existem até mesmo casos em que a prótese não poderá ser indicada.

Dispomos também do recurso de inclusão de gordura no bumbum, ou Lipoescultura Glútea. Através dela, podemos esculpir o bumbum utilizando a própria gordura da paciente, retirada de onde está em excesso (através da lipoaspiração) e colocada onde está em falta. Os resultados com esta técnica também são muito bons.

Outra técnica muito comum é a associação entre lipoescultura e a inclusão de próteses. Primeiro, colocamos a prótese no bumbum e depois preenchemos os espaços faltantes com a gordura retirada da lipoaspiração.

Dúvidas Frequentes

1
Qual é o limite para o aumento do bumbum?
O glúteo não é uma região tão distensível quanto a mama, porque a pele é menos elástica e a camada muscular é maior e mais grossa. Deste modo, não é possível colocarmos grandes volumes de prótese e ter uma variedade de aumento e de formato muito grande. Além disso, o limite de aumento depende da harmonia que o “novo” bumbum vai trazer para o restante do corpo da paciente.
2
A cicatriz da gluteoplastia é muito perceptível?
Não. Felizmente, este tipo de cirurgia permite que a cicatriz seja disfarçada. Ela fica no sulco glúteo, na depressão natural entre as nádegas e tem em torno de 7 centímetros.
3
Há possibilidade da minha cicatriz ficar visível?
Sua cicatriz somente ficará visível se você se abaixar nua. Até mesmo de pé e nua, a cicatriz fica escondida no sulco glúteo.
4
Como ficará a forma e a consistência do meu glúteo após a cirurgia?
Após a colocação das próteses, as nádegas ficarão maiores e ocorrerá um aumento na consistência do bumbum. Ele ficará com aspecto “durinho e empinado”, como toda mulher deseja, sem deixar de obedecer à harmonia natural do corpo proporcionado pelo tamanho do tronco e das pernas.
5
Posso escolher o tamanho e o formato da minha prótese?
O cirurgião plástico e a paciente entrarão em um consenso quanto à prótese ideal a ser colocada. Cada caso requer um estudo detalhado para que o resultado fique equilibrado e bonito.
6
O resultado final é imediato?
Não. Nenhuma cirurgia plástica apresenta os resultados finais no final do procedimento. Apesar disto, a gluteoplastia permite ter uma noção muito boa de como ficará o bumbum de forma definitiva já no pós-operatório imediato.
7
Eu sentirei muita dor após a gluteoplastia?
Nos primeiros dias é normal sentir dores musculares na área operada, mas nada que não possa ser controlado com analgésicos e anti-inflamatórios.
8
É necessário retirar os pontos?
Sim, porque nesse tipo de cirurgia são utilizados pontos de nylon, inabsorvíveis.
9
Precisarei usar dreno?
Sim, mas por poucos dias. O dreno é utilizado para evitar o acúmulo de secreções ao redor da prótese.
10
Em quanto tempo poderei tomar banho?
No dia seguinte. Não há restrições quanto ao banho no pós-operatório, somente recomendamos sabonete neutro.
11
Quando poderei retomar minhas atividades físicas?
Exercícios como musculação e ginástica podem voltar a ser praticados dentro de um mês. Deve-se evitar, porém, os esportes de contato por mais tempo. O cirurgião plástico deverá orientá-la bem quanto a isto, porque depende da recuperação de cada paciente.
12
Pode ocorrer rejeição da prótese pelo meu corpo?
Problemas de “rejeição” (extrusão) da prótese, apesar de raros, podem ocorrer nos casos de infecção e deiscência (abertura) dos pontos. O corpo produz uma reação inflamatória ao redor da prótese formando uma cápsula. Isto ocorre de forma natural em todos os casos. Quando esta cápsula começa a comprimir a prótese, dá-se o nome de contratura capsular. Algumas pacientes podem permanecer assintomáticas, enquanto outras podem apresentar endurecimento, alteração da forma e dor local, dependendo do grau da contratura. Caso isso ocorra, a prótese deverá ser trocada. Nestes casos optamos por uma prótese de menor tamanho.
13
Precisarei fazer uma nova cirurgia para trocar as próteses?
O desenvolvimento tecnológico do silicone da prótese permitiu um aumento no tempo da sua permanência para mais de 30 anos. Uma nova cirurgia precisará ser feita se houver algum problema com a prótese durante este período.
14
Posso aproveitar a gluteoplastia para fazer outras cirurgias ao mesmo tempo?
Sim. É comum que se associe a cirurgia plástica do glúteo à lipoaspiração, por exemplo. Tudo vai depender da conveniência da associação, que será estudada pelo cirurgião plástico.
15
A partir de que idade, posso realizar a cirurgia?
Não existe uma idade ideal para se operar. Em mulheres, após 4 anos da primeira menstruação as alterações corporais já estão bem estabelecidas. O ideal é que a cirurgia seja feita a partir dos 18 anos. Antes disso, os casos devem ser avaliados individualmente.
16
Quem são os candidatos a realizar esta cirurgia?
Existem dois grupos de pacientes que se beneficiam de formas diferentes. O primeiro grupo é de pessoas jovens, com pouca ou nenhuma flacidez. Apresentam o "bumbum chato", pequeno e sem projeção. No segundo grupo estão incluídas as pessoas com mais idade, que apresentam, além da pouca projeção, certa flacidez de pele e queda do bumbum. A prótese não melhora o aspecto do "bumbum caído", mas pode melhorar a flacidez e disfarçar o problema. Para corrigir o "bumbum caído" é necessário outro tipo de procedimento. Recentemente alguns homens têm procurado esta cirurgia com resultados igualmente satisfatórios.
17
Onde fica a cicatriz? É muito perceptível?
A cicatriz de 6 a 7cm fica entre as nádegas. Quando a pessoa está em pé não é visualizada. Quando obtemos bom resultado, a cicatriz é muito pouco perceptível. Local da cicatriz:
18
Onde fica a prótese? Vou conseguir palpar a prótese?
A localização da prótese é o fator mais importante no bom resultado da cirurgia. A prótese é colocada exatamente no meio do maior músculo do glúteo (chamado glúteo maior ou glúteo máximo). O posicionamento profundo da prótese impede que a mesma apareça na superfície ou que seja palpável. Nas primeiras cirurgias, as próteses foram colocadas em plano logo abaixo da pele (subcutâneo), tornando-se palpáveis e endurecidas tardiamente. O esquema abaixo ilustra onde fica posicionada a prótese.
19
Corro o risco de ficar artificial?
Quando conseguimos alcançar um bom resultado, o resultado é natural. O contorno da prótese não é perceptível nem tampouco palpável.
20
Quais os cuidados no pós-operatório? É verdade que não pode sentar?
Existem muitos mitos a respeito do pós-operatório desta cirurgia. Quando sentamos, usamos principalmente a parte de trás das coxas e terço inferior do glúteo. A prótese é colocada na parte superior do glúteo. Logo, não sentamos sobre a prótese. Logo após a cirurgia a paciente sente-se mais confortável nas posições "de lado" e "de bruços". Usualmente colocamos um apoio sobre as coxas e nas costas, permitindo que a prótese fique isolada quando na posição sentada. Portanto, é sim permitido sentar-se logo após a cirurgia, tomando os devidos cuidados. Deitar-se de barriga para cima sem apoio nas costas não é permitido nos primeiros dias. Após 7 dias, normalmente é possível sentar-se com certo desconforto. Durante as primeiras 48 horas, é utilizado um dreno de aspiração à vácuo para evitar o acúmulo de líquidos na cirurgia.
21
Em quanto tempo posso retomar minhas atividades normais?
Após 10 a 14 dias a vida social é retomada. Caminhar, dirigir e outras atividades corriqueiras são retomadas neste período. Atividades de maior impacto e uso de força muscular somente após 2 meses.
22
É verdade que não mais poderei tomar injeção no glúteo?
Injeções no glúteo NÃO SÃO PERMITIDAS. Não existe medicação que seja de uso único e exclusivo no glúteo. Não haverá prejuízo na sua vida devido este detalhe. Reforçamos que, em caso de acidente ou emergência, e você chegue inconsciente no hospital, não existe medicação injetável no glúteo que seja realizada de rotina. Este tipo de paciente recebe todas as medicações direto dentro da veia.
23
Quais os tipos de prótese? Existe prazo de validade?
As próteses utilizadas são feitas de silicone, com superfície lisa. Quanto ao formato podem ser redondas ou ovais. O seu médico vai avaliar o seu caso e definir o que resolve melhor o seu problema. Após a cirurgia, são realizados exames seriados de ultrassonografia (a cada 1 ou 2 anos). Não há necessidade de trocar periodicamente, exceto se houver algum problema. Não há prazo de validade definido.
24
Qual o tipo de anestesia?
Em geral, é utilizada a anestesia tipo raqui ou peridural.
25
Tenho um implante antigo colocado em plano superficial e quero trocá-lo, como faço?
Os implantes posicionados em plano superficial tornam-se visíveis e palpáveis com o tempo. Nestes casos, estes devem ser retirados e, após período de 6 meses, implantados novas próteses em plano mais profundo. Este intervalo de tempo é necessário para que haja cicatrização dos tecidos.
26
Quais os riscos desta cirurgia?
Assim como QUALQUER cirurgia, há riscos. Aqui destacamos os riscos inerentes ao procedimento anestésico e implante de prótese. A prótese, por mais moderna que seja, é um material que não pertence ao organismo e pode não ser aceita. Caso ocorra algum tipo de "rejeição" é necessário retirar os implantes e aguardar, no mínimo 6 meses para recolocá-los.
Dr. Tiago André Ribeiro
CRM 21.671 - Cirurgião Plástico
R. Dom pedro II - 2740 - Lago Municipal
Toledo - PR
Desenvolvido por Studio Midiamix Creative Web